Chupeta ou dedo?

lb_chupetaoudedo

Há certas vantagens em deixar o bebê chupar o dedo em vez de usar uma chupeta: os dedos estão sempre disponíveis, não caem no chão, não são presos de forma potencialmente perigosa à roupa da criança e estão sempre sob o controle dela.

Chupar o dedo é um hábito que geralmente vai embora sozinho, quando a criança desenvolve outras formas de se confortar, por volta de três ou quatro anos, embora muitas delas acabem chupando o dedo à noite ou em situações de mais ansiedade ou estresse por anos a fio.

Se seu filho chora muito e demonstra ser mais “sugador”, a chupeta também pode ser uma maneira eficiente de tranquilizá-lo. Saiba, contudo, que há uma ligação entre o uso frequente de chupeta e a ocorrência de otites.

Acredita-se que a sucção da chupeta eleva as chances de uma infecção migrar da boca para a tuba auditiva. Para minimizar os riscos, tente limitar o uso da chupeta, como, por exemplo, só oferecendo-a na hora de dormir.

Se você estiver dando de mamar, é melhor esperar o bebê completar pelo menos um mês antes de oferecer a chupeta, já que seu uso cedo demais pode interferir no aleitamento materno.

Alguns especialistas acreditam que a chupeta pode confundir o bebê que mama no peito e dificultar a “pega” correta e que o tempo com ela na boca reduziria o tempo que a criança pode passar no peito, comprometendo a produção do leite.

Recomenda-se começar a desacostumar os bebês da chupeta por volta de um ano, para evitar problemas com a dentição.

Na verdade, chupar o dedo também pode afetar o crescimento e o desenvolvimento dos dentes, mas alguns especialistas acreditam que a chupeta possa, ainda por cima, interferir no desenvolvimento da fala.

Se decidir restringir o uso da chupeta, experimente oferecer um “paninho” de tecido macio ou algum brinquedo mais mole para substituir a sensação reconfortante que a criança obtém com ela.

Fonte: brasil.babycenter.com

☎️ Agende nossa visita!

Dra. Cláudia Tavares
Tel.: +55 21 2259-5148 / 97990-2727
linhababy@promosaude.odo.br

 

Anúncios

Quando aparecer o primeiro dentinho

linha_baby_primeirodentinho.jpg

Se a primeira consulta do bebê acontecer logo que aparecer o primeiro dentinho, os pais podem ser orientados a acompanhar a erupção dos outros dentes e assim, possivelmente, a criança nunca terá uma cárie.

Fonte: guiadobebe.uol.com.br

☎️ Agende nossa visita!

Dra. Cláudia Tavares
Tel.: +55 21 2259-5148 / 97990-2727
linhababy@promosaude.odo.br

Não pegue na minha mãozinha!

linha_baby_maozinha.jpg

Em mão de bebê não se pega!

Bebês levam frequentemente suas mãos à boca, e por isso, podem levar junto tudo de ruim que a mão de um adulto colocou ali quando a tocou.

Mãos humanas são vetores de inúmeros vírus e bactérias. Bebês (e os prematuros ainda mais) não têm a mesma imunidade que um adulto e invariavelmente têm o hábito de levar as mãos na boquinha.

Fonte: http://brasil.babycenter.com

☎️ Agende nossa visita!

Dra. Cláudia Tavares
Tel.: +55 21 2259-5148 / 97990-2727
linhababy@promosaude.odo.br

A fase oral do bebê

linha_baby_fase_oral

Sabe aquela mania do bebê de colocar tudo na boca?

Chama-se de FASE ORAL, que normalmente vai desde o nascimento até os 18 meses.

Então, é importante que conheça novas texturas e sabores. Apenas o impeça se for objetos sujos ou perigosos, é claro! Também é possível oferecer mordedores para auxiliar, principalmente, no incômodo causado pelos primeiros dentinhos. Adilis Alexandria de França

☎️ Agende nossa visita!

Dra. Cláudia Tavares
Tel.: +55 21 2259-5148 / 97990-2727

O aparecimento dos DENTES

post03

O nascimento dos primeiros dentinhos é um momento de ansiedade para os pais. Normalmente os dentinhos de baixo costumam aparecer na boca primeiro, mas há bebês em que os dentes de cima nascem primeiro, ou, até mesmo aqueles em que os dentes demoram mais e no primeiro aniversário ainda estão banguelinhas. 😉

Por isso, se você acha que algo está diferente, a visita do Odontopediatra pode esclarecer todas as dúvidas. Adilis Alexandria de França

Agende nossa visita!

Dra. Cláudia Tavares
Tel.: +55 21 2259-5148 / 97990-2727

A higiene bucal do bebê

post02

De acordo com a Associação Dentária Americana, a limpeza da boca do bebê deve ser iniciada antes mesmo da erupção do primeiro dente. Esta pode ser feita com gaze embebida com água filtrada ou dedeira de silicone. Além de promover a higiene da cavidade bucal, oferece uma massagem que o bebê vai amar. Adilis Alexandria de França

Agende nossa visita!

Dra. Cláudia Tavares
Tel.: +55 21 2259-5148 / 97990-2727